Fuck my life

Tenho tido a sensação de não estar a viver. De me limitar a sobreviver. Durante vários anos estar viva era sinónimo de estar com a pessoa que amava. O que não é saudável. Agora que isso mudou, não há sinónimo para estar viva, e não o sinto. E isso deixa-me com muito, muito medo.

Advertisements
This entry was posted in Uncategorized. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s